Nosso Blog

Como reduzir os efeitos do açúcar nos dentes

Os danos na boca e dentes causados pela ingestão do açúcar podem ser cáries, sensibilidade e desgaste do esmalte do dente.

Reduzir o consumo e saber como reduzir os efeitos é importante e pode prevenir muitos problemas.

Como reduzir os efeitos do açúcar nos dentes

Confira algumas dicas para reduzir os problemas causados pelo açúcar:

Ataques ácidos

A ingestão de alimentos açucarados, processados, refinados e carboidratos alimenta as bactérias da boca. As bactérias digerem os alimentos e se alimentam de açúcar, causando a produção de ácidos que com o tempo podem dissolver o esmalte dos dentes, além de ajudar no aparecimento da cárie dentária.

A ação acontece aproximadamente 20 minutos após a ingestão. Para reduzir os danos, é extremamente importante realizar a escovação dos dentes após cada refeição.

Escolhas alimentares 

Pensar nos alimentos e controlar a quantidade de açúcar ingerida por dia ajuda a reduzir o tempo de exposição dos dentes aos ácidos. Algumas dicas:

  • Investir em uma dieta nutritiva com grãos, frutas, laticínios, legumes e proteínas.
  • Analisar bem os rótulos dos alimentos.
  • Reduzir os lanches considerados ruins. Aposte nos saudáveis sem açúcar industrializado.
  • Reduzir ao máximo os doces e comidas pegajosas, que grudam nos dentes.
  • Após o consumo de doces, escovar bem os dentes.
  • Realize a troca de sucos de frutas adoçados com açúcar comum e refrigerantes por água e sucos naturais.

Realize uma boa higiene bucal

Como já foi mencionado, o início da ação após o consumo de açúcar é rápido. Para evitar problemas de desgaste do esmalte do dente, evitar cáries e outros problemas na boca e dentes, é importante realizar uma boa limpeza.

Escovar os dentes com um bom creme ou gel, utilizar uma escova adequada, utilizar o fio dental e enxaguante bucal.

CONHEÇA NOSSA ESTRUTURA

Estrutura e equipamentos modernos, seguidos por profissionais especialistas e sistema multidisciplinar, garantem o melhor atendimento e resultado aos nossos pacientes.