Nosso Blog

Traumatismo dentário: O que é e as causas mais comuns

Uma das situações de urgência mais frequentes em clínicas e consultórios odontológicos é o traumatismo dentário.

O traumatismo pode ser descrito como uma perda, fratura, trinca, luxação ou concussão dentária. Muitas vezes o trauma é ocasionado por um acidente e é mais frequente em pessoas entre 1 e 3 anos de idade, dos 7 aos 12 anos e dos 16 aos 20 anos de idade.

Causas mais comuns do traumatismo dentário:

As principais causas dos traumas nos dentes são colisões que acontecem de forma acidental, quedas, acidentes em práticas esportivas, estresse, desordem e maus tratos.

Outros fatores que podem causar um traumatismo dentário são os de ordem bucal, como por exemplo, protusão maxilar, alterações de oclusão (mordida) e overjet acentuado.

O que pode ser considerado um traumatismo dentário:

Fraturas coronárias. Na coroa do dente:

Fratura de esmalte do dente. Ocasiona perda de estrutura dentária (parte do dente).

Fraturas de coroa e raiz dental.

Rachaduras e trincas de esmalte, sem perda de estrutura dentária.

Fraturas da dentina e do esmalte, com e sem exposição pulpar, podendo ou não afetar o nervo do dente.

Lesões que acontecem no ligamento periodontal. Lesões nos tecidos moles que dão suporte ao dente:

Avulsão dentária. Acontece quando o dente sai totalmente da cavidade da boca.

Concussão e subluxação ocasionadas por traumas frontais que resultando edemas, hemorragias, e uma leve movimentação dos dentes.

Luxação intrusiva. O dente é deslocado totalmente para o interior do alvéolo, gerando uma grande chance de traumatismo na estrutura do dente permanente em formação.

Luxações extrusivas e laterais. Acontece quando a força do impacto é grande e movimenta o dente de forma lateral ou quase por completo para fora da cavidade alveolar.

CONHEÇA NOSSA ESTRUTURA

Estrutura e equipamentos modernos, seguidos por profissionais especialistas e sistema multidisciplinar, garantem o melhor atendimento e resultado aos nossos pacientes.